Agosto Dourado: A importância da amamentação 

Postado em: Cuidados com a Saúde - 02/08/2019

 Conheça mais sobre esse evento que celebra os benefícios do aleitamento materno 

O Agosto Dourado celebra a promoção, a proteção e o apoio ao aleitamento infantil. A cor foi escolhida pela Organização Mundial da Saúde (OMS) como uma referência ao leite materno, alimento fundamental para a saúde dos bebês.  

Confira abaixo alguns benefícios que a amamentação proporciona para os recém-nascidos e das mamães: 

Fonte de anticorpos  

O leite materno possui anticorpos importantes para o bebê e o colostro (líquido amarelado e espesso) secretado nos primeiros dias após o nascimento além de ser muito nutritivo é rico em imunoglobulina A. Este anticorpo atua efetivamente na imunidade prevenindo e combatendo doenças até que o sistema imunológico esteja mais desenvolvido, que ocorre por volta do sexto mês de vida. 

Excelente valor nutricional  

A composição nutricional do leite é excelente e possui tudo que o bebê precisa nos seis primeiros meses. Porém, é importante ficar atento aos níveis de vitamina D, sendo que sua ingestão pode ser suspensa de acordo com a recomendação pediátrica.  

Crescimento saudável do bebê  

A amamentação promove o ganho de peso saudável e reduz os riscos de obesidade futura. Bebês que são amamentados têm mais facilidade no controle do apetite, que se dá a partir do hormônio leptina. A amamentação contribui também no desenvolvimento de hábitos alimentares adequados que estimulam uma alimentação saudável durante o crescimento da criança. 

Amamentar fortalece os vínculos afetivos  

O aleitamento materno fortalece vínculos da criança com a mãe, e possibilita uma comunicação afetiva que estimula o desenvolvimento emocional e cognitivo. Ao amamentar ocorre uma conexão física e emocional que resulta em uma sensação de prazer e tranquilidade para mãe e bebê. 

Contribui para o emagrecimento da mãe  

De acordo com estudo publicado pela Universidade de Harvard, mães que amamentaram por pelo menos 1 ano, conseguem emagrecer com mais facilidade se comparadas as mães que deram de mamar por menos tempo.  

Pode salvar sua vida  

Amamentar reduz o risco de diversos problemas como hemorragias pós-parto, diabetes, anemia, osteoporose, depressão pós-parto, câncer de ovário e câncer de útero.  

Como funciona o processo de amamentação?  

Após o nascimento e a retirada da placenta, ocorre um pico na liberação do hormônio prolactina, responsável pela produção do leite materno. O organismo é estimulado a produzir mais leite durante as primeiras mamadas, sendo que a sucção realizada pelo bebê mobiliza o processo biológico para repor o líquido. Para que isso ocorra é fundamental a pega correta, que deve abocanhar toda a aréola e não somente o bico da mama. A partir da correta sucção o organismo faz sua parte e libera os hormônios que atuam na produção e ejeção do leite materno. 

Gostou de saber mais sobre os benefícios do aleitamento materno? Então divulgue o Agosto Dourado e aproveite para visitar o site da Natuclin e conhecer produtos desenvolvidos especialmente para o seu bem-estar. 

Nutricionista Natuclin

Recomendados para você