Conheça os benefícios da vitamina A para sua saúde

Postado em: Cuidados com a Saúde - 21/08/2019

Entenda como a vitamina A atua no seu corpo e o que a sua deficiência pode causar

O destaque deste post vai para a vitamina A, um tipo de vitamina solúvel em gordura, que pode ser descrita em duas formas: pré-formada e pró-vitamina. A primeira é conhecida como forma ativa e se encontra em alimentos de origem animal. Já a segunda é proveniente dos vegetais.

As vitaminas orgânicas, como a vitamina A, são substâncias fundamentais para o bom funcionamento do organismo. Quando há deficiência ou excesso, muitos problemas à saúde podem acontecer.

Quais os benefícios da vitamina A para a saúde?

Saúde ocular

A vitamina A é uma das mais importantes para a manutenção da saúde dos olhos. Isso porque estamos falando de um nutriente fundamental que auxilia no processo contra a degeneração macular e a catarata.

Prevenção do câncer

A ingestão adequada de vitamina A fornece nutrientes na forma de betacaroteno, um poderoso antioxidante que tem sido associado à redução dos riscos de alguns tipos de câncer, como de pulmão, de bexiga e de colo de útero.

Sistema imune

Age no fortalecimento do sistema imunológico, uma defesa natural que o corpo possui no combate aos agentes nocivos que causam infecções e consequentemente inflamações.

Pele saudável

Para uma pele mais saudável, a vitamina A pode agir de diversas formas, como reduzindo o envelhecimento precoce, melhorando a textura da região, amenizando rugas profundas, promovendo renovação celular e aumentando os níveis de colágeno.

Cabelos saudáveis

Auxilia no crescimento e restauração dos fios, diminui o ressecamento e pontas duplas, promove maior hidratação e melhora a aparência dos fios.

E quando houver deficiência de vitamina A?

Boa parte do organismo pode ser prejudicado se a vitamina A estiver com os níveis abaixo do recomendado. O revestimento ocular é uma das áreas mais afetadas, o que pode causar um tipo de cegueira noturna chamada xeroftalmia. Em casos mais graves, o avanço da doença pode levar à cegueira irreversível (ceratomalácia). 

Além disso, também pode enfraquecer o sistema imunológico e a saúde das mucosas que são importantes barreiras de proteção contra infecções e que recobrem alguns órgãos como nariz, garganta, boca, olhos e estômago.

As causas da carência de vitamina A podem estar associadas à falta de amamentação, insuficiência na ingestão de alimentos ricos neste nutriente, à síndrome de má absorção, o uso abusivo de laxantes com óleo mineral e excesso de bebidas alcoólicas, que pode comprometer o armazenamento da vitamina A no fígado. Nesses casos, pode haver alteração no metabolismo do ferro e consequentemente resultar em anemia.

A vitamina A tem uma relação importante com a leptina, que é o hormônio da saciedade, isso porque quando os níveis de vitamina A estão abaixo da necessidade do organismo, as células de gordura se multiplicam com maior facilidade e elas não só aumentam de quantidade, mas também de tamanho, provocando aumento de gordura localizada no corpo.

Recomendações e fontes alimentares

A dose diária de vitamina A recomendada é de 900 mcg para homens e 700 mcg para mulheres. Crianças e adolescentes pode variar entre 300 a 600 mcg por dia.

Inclua em sua alimentação alimentos como: a gema do ovo, laticínios, integrais, batata-doce, cenoura crua, os folhosos verde-escuros, óleo de peixe, beterraba, manga, abóbora, melão, repolho cozido, fígado e salmão.

Escolhas alimentares adequadas contribuem significativamente na saúde e equilíbrio do organismo. Busque variar os alimentos em suas refeições e mantenha seus exames em dia, pois estas são formas de prevenir doenças e suas complicações.

 

Recomendados para você