Ir para o conteúdo
RECEBA DICAS DE SAÚDE E ALIMENTAÇÃO NO SEU E-MAIL!

Diabetes e ômega 3: saiba qual é a relação

Diabetes e ômega 3: saiba qual é a relação

Uma das doenças que mais acometem os brasileiros, o diabetes tem relação direta com o ômega 3. Entenda.

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), existem aproximadamente 16 milhões de brasileiros que sofrem com o diabetes. Além disso, a pesquisa aponta que existem inúmeras pessoas que possuem o risco de desenvolver a doença.

O Dia Mundial do Diabetes, celebrado em novembro, foi criado para promover ações coordenadas e efetivas para combater esse problema cada vez mais alarmante. O tema deste ano, Família e Diabetes, foi pensado para enfatizar a importância dessa relação, tanto nos cuidados para quem é portador da doença, quanto para a prevenção.

Entenda os principais tipos de diabetes:

Diabetes Tipo 1 (DM 1):

Ele aparece com mais frequência em crianças e jovens e não está relacionado com hábitos de vida ou alimentação inadequada, como no diabetes tipo 2, mas por ser uma doença autoimune na qual ocorre a distribuição de células β, de ilhotas pancreáticas. Pode ser genética.

O tratamento da DM 1 requer a reposição contínua e intensiva de insulina e controle alimentar.

Diabetes Tipo 2 (DM 2):

Esse tipo de diabetes é mais prevalente. Há produção de insulina, mas a ação é dificultada pelo que é chamado de resistência insulínica e assim há um aumento da produção de insulina para tentar manter a glicose em níveis normais.

O DM 2 causa sede, aumento da diurese, dores nas pernas, alterações visuais e outros. O aumento de peso e obesidade, alimentação inadequada, estilo de vida e sedentarismo são os principais fatores de risco.

Cuidados necessários:

Não controlar a diabetes corretamente pode causar complicações que, muitas vezes, são irreversíveis. Em casos mais graves, quando ocorre problemas nos nervos e prejudicando a circulação, pode causar a amputação dos membros.

Outro detalhe que merece destaque é em relação aos problemas cardiovasculares, pois o excesso de glicose no sangue gera endurecimento das artérias, por isso a taxa de mortalidade é maior em diabéticos.

O ômega 3

Estudos recentes concluíram que as gorduras polinsaturadas, fontes de ômega 3, são extremamente benéficas para prevenção e redução das complicações da diabetes. Isso acontece devido ao aumento de produção de citocinas, que fazem com que o sistema imunológico reaja com mais eficiência, melhorando inclusive a sensibilidade insulínica, que ajuda baixar a glicose.

A alimentação equilibrada é essencial, porém nem sempre é possível atingir a recomendação diária necessária. Por isso, incluir suplementos na dieta pode ser uma forma de atender a demanda nutricional, pois dessa forma o aumento do colesterol bom (HDL) irá proporcionar uma melhora na metabolização do açúcar e assim obter os benefícios para ter mais saúde e qualidade de vida.

Gostou do conteúdo? Se cadastre para receber dicas de saúde e nutrição em seu e-mail

 

Nutricionista Natuclin

Recomendados para você

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Shares