Ir para o conteúdo
RECEBA DICAS DE SAÚDE E ALIMENTAÇÃO NO SEU E-MAIL!

Como deixar seu prato mais saudável?

Como deixar seu prato mais saudável?

Aprenda com a nutricionista as melhores dicas para tornar sua refeição mais saudável e, ainda assim, saborosa

 

O comportamento alimentar é uma rede interligada que abrange fatores biológicos, culturais, psicológicos e econômicos. Pode parecer complexo, mas as escolhas alimentares dependem quase que totalmente de você. É necessário unir a disciplina com a consciência, sem radicalismo. Pequenas mudanças significam grandes conquistas.

A principal dica é começar aos poucos, com combinações que possam promover mais saciedade e ainda fornecer os nutrientes necessários para manutenção da saúde. Se você está sempre atenta com o seu bem-estar e busca opções para deixar seu prato mais saudável, então anote aí algumas dicas para ter uma refeição equilibrada e nutritiva.

Alimentos que deixam seu prato mais saudável

 

É importante estar aberta para experimentar sabores diferentes, inovar e deixar seu prato bem colorido, dando prioridade a alguns grupos de alimentos.

  • Laranja e amarelo: abóbora, milho, pimentão, cenoura, mamão, caqui, laranja, tangerina, maracujá, manga e cúrcuma;
  • Vermelho e roxo: tomate, pimenta, rabanete, maçã, goiaba, morango, melancia, pimentão, acerola, repolho roxo, beterraba, berinjela, alcachofra, cebola roxa, batata-doce roxa, jabuticaba, uva e ameixa;
  • Verde: brócolis, abobrinha, quiabo, jiló, aspargos, ervilhas, lentilha, folhosos verde em geral, abacate, kiwi e maçã verde;
  • Branco e marrom: leite e derivados, couve-flor, nabo, batata-doce, arroz integral, tofu,  inhame, grão-de-bico, cebola, mandioca, cogumelo, quinoa, amaranto, banana, castanhas e nozes.

 

E que tal realizar algumas trocas?

Os hábitos saudáveis são uma escolha sua e você pode mudar o que prejudica sua saúde e obter os benefícios a curto, médio e longo prazo. Por exemplo, o arroz branco pode ser substituído por arroz integral, mix de cereais, arroz de couve flor ou quinoa. Ao invés do macarrão, opte por espaguete de palmito pupunha ou abobrinha. Os molhos e temperos prontos/industrializados podem dar lugar para molhos caseiros ao pesto, de iogurte ou de ervas.

E agora, algo primordial: evite frituras. Opte por assar ou grelhar. Até mesmo à milanesa você consegue fazer no forno. E claro, você deve evitar os alimentos processados e ultraprocessados e escolher por consumir alimentos in natura.

Esta mudança ainda pode contribuir com seu bolso; se colocar na balança, vai observar que comer bem e de forma saudável é muito mais econômico.

Recomendados para você

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Shares