COLAGENO-TIPO-2-O-QUE-É

Colágeno Tipo 2: O que é?

Postado em: Cuidados com a Saúde Saúde e Bem estar - 02/05/2018

Você já ouviu falar em colágeno tipo 2? O termo colágeno deriva das palavras gregas Kolla (cola) e Genno (produção); é uma proteína fibrosa e se encontra em várias partes do corpo como pele, tendões, ossos, dentes, vasos sanguíneos, intestinos e cartilagens, compreendem aproximadamente 30% da proteína total corpo humano. Atualmente são conhecidos 29 tipos de colágeno que variam em diâmetro, composição de aminoácidos, comprimento, estrutura molecular, concentração e localização nos diversos tecidos.

Uma breve descrição para entender a relação do colágeno tipo 2 e cartilagem: a membrana sinovial, ou sinóvia é um tecido conjuntivo que possui vasos sanguíneos, linfáticos e nervos, produz um líquido viscoso e transparente, semelhante à clara de ovo (do grego syn, união; ovum, ovo). Fica depositado sobre as superfícies ósseas para facilitar o deslizamento sobre elas, esse líquido coloca em ação os mecanismos do esqueleto contribuindo para a mobilidade das articulações móveis. O tecido cartilaginoso das articulações é alimentado pela difusão das substâncias nutritivas do líquido sinovial. Algumas complicações articulares causam dor e rigidez, inchaço, estalos e diminuição das articulações e são resultados de células que inflamam e atacam a cartilagem que se tornam desgastadas e esse desequilíbrio não permite a remodelagem da cartilagem.

O colágeno tipo 2 é encontrado em locais que resiste a grandes pressões, cartilagem elástica e hialina, discos intervertebrais e nos olhos, sua síntese ocorre nos condroblastos. Já o colágeno tipo 1 é mais comum, geralmente são encontrados em locais que resistem a grandes tensões como, por exemplo, nos tendões, derme da pele, nos ossos e até mesmo na córnea. O colágeno não desnaturado classificado como tipo 2 não é processado por ação térmica ou adição de produtos químicos, é derivado da cartilagem do esterno de frango, logo não é indicado a pessoas alérgicas ao frango ou ovos.

A combinação do colágeno tipo 1 e 2 potencializa o resultado do tratamento, uma vez que estas substâncias agem através de mecanismos diferenciados (nutrição e redução da inflamação), tornando a ação mais eficiente  no organismo.

Gostou desse conteúdo? Se inscreva para receber conteúdos novos em seu e-mail.

Nutricionista Natuclin

Recomendados para você