Como aumentar a imunidade – Parte 2

Postado em: Cuidados com a Saúde - 20/06/2018

No post anterior já falamos sobre a imunidade, você já leu? Clique aqui

Para ter imunidade e evitar adoecer com facilidade invista em refeições variadas e alimentos preferencialmente in natura que fornecem os nutrientes para manutenção da saúde. Os grupos alimentares são os cereais, hortaliças, frutas, leites, carnes e ovos, açúcares e óleos. Para obter os benefícios de uma alimentação saudável é fundamental cuidar também da forma de preparo; priorizando os assados, grelhados, cozidos em água ou vapor.

Crie o hábito de ler as informações nutricionais dos rótulos e evite os excessos de açúcar, sódio, alguns tipos de gordura que são prejudiciais ao organismo a curto e longo prazo e por isso devem ser consumidos com muita moderação. Fique de olho na sazonalidade, tanto para economizar quanto para aproveitar a variedade nutricional que cada período de safra oferece.

Se você busca fortalecer a imunidade então anote aí em sua lista de compra e inclua esses alimentos em seu cardápio com mais frequência.

Alho

Contém uma substância chamada alicina que tem ação antiviral, antibactericida e antifúngica combate infecções e bactérias, possui vitaminas A, B1, B2, C e minerais como cálcio, enxofre, iodo, magnésio, selênio, sódio e zinco. Dê preferência ao alho cru para manter as propriedades medicinais, pois o calor acaba interferindo no princípio ativo, portanto adicione ao final da preparação em saladas, molhos, sopas.

Gengibre

Previne infecções, aumenta significativamente a imunidade por ser fonte de antioxidantes derivadas do gingerol, vitamina B6 e C. Pode ser adicionado ao chá, sucos, sopas, cozidos, vitaminas. Prefira consumir no período da manhã por causar insônia em algumas pessoas. Duas colheres rasas de sopa ao dia é o suficiente.

Cogumelos

Rico em aminoácidos, fonte de lentinana que contribui para a produção de células de defesa do organismo, possui betaglucanas estimulam os linfócitos T que são as principais células de defesa do nosso corpo. Basta consumir em média 100 gramas ao dia ou conforme recomendação nutricional em especial se houver alguma restrição alimentar.

Cebola

Possui a quercetina; um flavonóide que ajuda a controlar os radicais livres, é utilizada medicinalmente para prevenção e tratamento de inflamações no sistema respiratório, melhora os sintomas de alergias. Inclua até duas colheres de sopa ao dia de 3 a 5 vezes na semana.

Alimentos fontes de vitamina C

Possui importantes propriedades nutricionais com ação anti-inflamatória; confira mais sobre os benefícios, como age e fontes.

Gorduras boas

Algumas gorduras são essenciais para funcionamento do organismo, você pode encontrar em peixes como o salmão e a sardinha que contêm entre outros nutrientes o ômega 3. O óleo de coco possui em sua composição ácido láurico que será convertido em monolaurina e tem ação antiviral. Inclua gorduras saudáveis em seu dia a dia para fortalecer seu sistema imunológico.

Vegetais verdes escuro

São fontes de vitaminas A, B6, B12 e ácido fólico, auxiliam o organismo a resistir a infecções, combatendo os radicais livres. As mais utilizadas são rúcula, espinafre, brócolis e a couve que é geralmente usada em sucos detox.

Frutas vermelhas

Sua função antioxidante combate os radicais livres e assim reduz a oxidação e o envelhecimento do organismo. Consuma preferencialmente in natura, mas é possível encontrar congeladas, em polpa, desidratadas ou em pó. Recomenda-se 3 a 4 porções pequenas na semana, aproximadamente ½ xícara de chá de acerola, ameixa, jabuticaba, goji berry, caqui, goiaba, cranberry, framboesa, morango, açaí, cereja, mirtilo e amora.

Agora que você já sabe um pouco mais sobre como turbinar sua imunidade, coloque em prática e passe a incluir algumas dessas sugestões de alimentos para melhorar sua qualidade de vida.

Nutricionista Natuclin

Recomendados para você