como-usar-o-colageno-tipo-2

Como usar o colágeno tipo 2

Postado em: Cuidados com a Saúde - 21/05/2018

Agora que você já tem acesso às informações do que é o colágeno tipo 2, seus benefícios e quando iniciar, fique atento como usar essa proteína que é extremamente importante para a saúde. De acordo com estudos sobre o colágeno tipo 2, recomenda-se a ingestão em jejum ou duas horas após qualquer refeição.

O uso contínuo do colágeno tipo 2 promove a redução do desgaste nas articulações e tem ação sinérgica com o sistema imunológico para combater a inflamação e resultará em benefícios na flexibilidade e mobilidade articular. Também pode contribuir para amenizar as dores durante as atividades diárias, bem como em praticantes de atividade física que costumam ter um desgaste mais acentuado das articulações.

Cuidar da hidratação também é fundamental para que o organismo funcione de forma adequada, a ingestão de água deve ser independente da sede.

Outra dica importante é evitar a ingestão de bebidas industrializadas e açucaradas como sucos artificiais em pó ou de caixinha, refrigerantes, pois são prejudiciais à saúde e aumentam a inflamação no organismo e gerando até mesmo doenças como a obesidade,  diabetes, câncer entre outras.

Uma opção que tem sido muito utilizada em determinadas situações de inflamação e também para prevenção é a ingestão diária de ômega 3 que previne doenças cardiovasculares, reduz triglicerídeos e LDL colesterol, tem ação anti-inflamatória, auxilia no desempenho cognitivo, fortalece a imunidade e contribui no tratamento da depressão devido a atuação do EPA e do DHA, contribui na gestação e pós-parto, tanto na saúde da mãe quanto do bebê. Para praticantes de atividade física promove maior fluxo sanguíneo muscular, aumenta síntese proteica e capacidade de contração muscular, reduz estresse oxidativo pós-treino e melhora sensibilidade a insulina.

Lembrando que qualidade de vida e manutenção da saúde requer cuidados diários como alimentação equilibrada, atividade física e acompanhamento de profissionais habilitados para cada caso.

Importante ressaltar que gestantes, lactantes, crianças e casos de restrição de saúde devem sempre procurar orientação de médico ou nutricionista que avaliará as necessidades e direcionará a opção mais adequada de forma individualizada.

 

Nutricionista Natuclin

Recomendados para você